A Revista Exame pergunta

Para a reportagem que foi publicada na edição de Abril da Revista Exame, respondi a algumas perguntas sobre Criptomoedas e Blockchain. Nos próximos artigos irei colocar aqui as várias perguntas e respostas.

A bitcoin e outras criptomoedas aparentam começar a ser encaradas mais como um ativo para investimento e não tanto como uma moeda ou um sistema de pagamentos. O futuro da bitcoin e de outras criptomoedas poderá passar por se tornarem um ativo de investimento em vez de se assumirem como uma moeda com uso comum ou um sistema de pagamentos eficiente?

É uma perspetiva. Tudo na vida tem um percurso. Eventualmente estamos a tentar, hoje,
prever o futuro. E isso é sempre um tarefa ingrata. É difícil prever os estágios que uma
moeda como a Bitcoin tem que percorrer até se tornar moeda. Talvez este estágio faça
parte do processo para vir a tornar-se moeda. Ou pode não vir a sê-lo por encontrar no
caminho uma função mais necessária ou adequada, como por exemplo reserva de valor.
Quando analisamos as coisas à luz da história, temos mais probabilidade de sucesso do que quando tentamos prever o futuro com base apenas no presente e nos dados do presente.


Os humanos são seres extremamente emocionais. E agem de forma muito pouco
consistente no curto prazo. É preciso termos presente que a Bitcoin tem 10 anos. Num mundo financeiro centralizado, que tem milhares de anos de história de moeda. As moedas não foram sempre a mesma coisa. Aliás… pouca gente sabe… mas nenhuma moeda durou mais de 30 anos nos últimos O dólar que temos hoje é a quarta versão de dólar nos últimos 100 anos. E o euro só tem 20 anos de história. Todas as moedas governamentais mudam frequentemente.

Simplesmente não nos ensinam isso na escola e pouca gente sabe o que é
verdadeiramente o dinheiro e a moeda. Os investidores são e serão sempre os primeiros a compreender o porquê da Bitcoin. Porque são os primeiros a compreender os defeitos da moeda governamental. Moeda Fiat.


As moedas governamentais valem cada vez menos e isso é algo que é sabido há muitos
anos. Mas os últimos 2 a 5 anos têm sido uma violência extrema. No ano 2020 foram
impressos ⅕ de todos os dólares existentes no mundo. Isto signifca que aumentámos a
quantidade de dólares em mais de 20% em apenas 1 ano, para tentar cobrir problemas
económicos. Como consequência, qualquer pessoa com 2 dedos de testa e algum
conhecimento económico, quer ter zero dólares na sua poupança. Porque estas moedas
não permitem poupar. Desvalorizam a velocidades assombrosas e vão tornar-nos pobres ao longo da vida.

Como tal, todas as pessoas com alguma consciência de investimento estão a sair de
moedas governamentais para comprar ativos financeiros. A interpretação destas pessoas está a ser de que a Bitcoin é um ativo financeiro. E se assemelha ao ouro. Isto faz algum sentido. O ouro foi parte da inspiração para a criação da Bitcoin pelas suas características. (fácil de compreender para quem estude a bitcoin). Já o dizia no meu livro em 2018. Este movimento não tem nada de imprevisível. É exatamente o que previa há 2 anos. E está apenas no começo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *